sábado, novembro 10, 2007

Democracia

Zapatero e o Rei Juan Carlos estiveram bem. Ainda bem que não se calaram, como costuma acontecer, quando estes tiranos, como Hugo Chávez, aparecem em cena. Toda a gente critica, mas poucos os enfrentam. Muito bem.

2 comentários:

Eduardo disse...

Olá Laura
O teu comentário é absolutamente certeiro, nomeadamente o título. A palavra chave aqui é Democracia. O antigo primeiro-ministro Aznar foi democraticamente eleito e o seu governo democraticamente deposto. O presidente Chavez foi eleito nas urnas sem dúvida, mas vai perpetuar a sua estadia no poder reescrevendo a constituição Venezuelana e acabando com aquilo que ele exige para si mas que tira aos que dele podem discordam: liberdade de expressão. Esse tipo de atitudes é que são descritas como fascistas, e o actual primeiro-ministro Zapatero e o Rei Juan Carlos conhecem isso bem porque Espanha viveu muitos anos debaixo da ditadura fascista de Franco (daí Juan Carlos apontar para Chavez dizendo “tu!” é que és aquilo que descreves: um fascista), e não admitirem essas palavras dirigidas a Aznar.
Já agora, o que fariam o Presidente Cavaco Silva e o primeiro ministro José Sócrates se Chavez dirigisse as mesmas palavras a Durão Barroso? Sócrates já veio dizer que a Venezuela é a amigo próximo de Portugal, portanto nao custa adivinhar.

Eduardo

Desabafos escritos disse...

Eduardo,
Obrigada pela visita, pelo interesse, e pelo comentário. Estupidamente não te reconheci aquando da outra vez...
Beijinhos,
Laura